X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Palestrantes

Convidado


ELEONORA TRAJANO

ELEONORA TRAJANO

SAO PAULO / SP

Graduada em Ciências Biológicas, Bacharelado e Licenciatura (1977), com Mestrado em Zoologia (1981), Doutorado em Ciências Biológicas (1987) e Livre-Docência (1996), todos pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo - IBUSP. Docente do Departamento de Zoologia do IBUSP a partir de junho/1981, Professor Titular em julho/2006, aposentada em outubro/2012, Professor Sênior até fevereiro de 2015. Ao longo desse período, ministrou disciplinas sobre Zoologia de Vertebrados, Espeleologia, Biologia Subterrânea e Ética e Conservação. Orientadora do programa de pós-graduação em Zoologia do IBUSP de 1989 a 2014. Atividades administrativas incluíram diretoria de centro especializado (CEBIMar/USP), Chefia de Departamento e participação em diversos colegiados da USP e fora desta. Tem experiência nas áreas de Zoologia, com ênfase em Biologia Subterrânea, atuando principalmente no âmbito dos seguintes temas: biodiversidade subterrânea, taxonomia, ecologia, comportamento e evolução de peixes subterrâneos, biologia de invertebrados cavernícolas, ecologia de morcegos, conservação de ecossistemas subterrâneos, e ética. Atualmente Prof. Colaborador junto ao Departamento de Ecologia e Biologia Evolutiva - DEBE da UFSCar e docente do programa de pós-graduação em Bioética do Centro Universitário São Camilo, ministrando disciplina sobre Bioética e Meio Ambiente desde 2012. conduta (como o do C De acordo com ética pessoal, confirmada em códigos de conduta científica (como o do CNPQ) e declarações internacionais sobre ética de autorias, toda a produção aqui registrada refere-se a trabalhos nos quais tive contribuição intelectual relevante, seja na obtenção e análise de dados, seja na sua interpretação e inserção em contexto teórico. A simples coleta e oferta de material e informações sobre o mesmo, revisão e opiniões sobre manuscritos, idéias sobre estudos e facilitação no uso de equipamentos e laboratório jamais justificaram co-autorias.

Imprimir

Atividades

Voltar