Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título/Title/Titulo

Relato de caso de tratamento de ferida crônica traumática com plasma rico em plaquetas (PRP)

Introdução/Introduction/Introdución

As feridas podem ser classificadas quanto a etiologia, complexidade e tempo de existência. As feridas simples, evoluem para a resolução de forma espontânea, seguindo as fases da cicatrização. Já as complexas, necessitam de intervenção para a sua resolução. Feridas crônicas podem ser definidas como aquelas que não cicatrizam espontaneamente em 3 meses e que, frequentemente, apresentam como complicação processos infecciosos, podendo ser consideradas feridas complexas, sobretudo quando associadas com patologias sistêmicas que prejudicam o processo de cicatrização. Assim, se faz necessário o uso de curativos, que consistem em meio terapêutico utilizados com finalidades diversas em feridas, tanto para limpeza, quanto para absorção, drenagem ou auxílio na sua resolução.

Objetivos - Metodologia - Resultados - Discussão dos Resultados/Objectives - Methodology - Results - Discussion of Results/Objetivos - Metodología - Resultados - Discusión de los resultados

O presente trabalho relata o caso clínico de uma paciente, 21 anos, portadora de uma ferida crônica, de origem traumática, no pé esquerdo, há 5 anos, e tratada com plasma rico em plaquetas (PRP), que é uma preparação de plasma autólogo com elevação na concentração de trombócitos. Sendo atendida por uma equipe (médica, enfermeiras, técnicos de enfermagem e internos de medicina) no ambulatório do Hospital Universitário Regional de Maringá (HURM), através do projeto “Tratamento de ostomias em pacientes através do Plasma Rico em Plaquetas”. Os dados coletados foram obtidos através da anamnese, exame físico e registro fotográfico da ferida. A paciente foi encaminhada ao HURM após passar por diversos tratamentos (uso de colagenase, enxerto, safenectomia e câmara hiperbárica), durante 5 anos, sem apresentar melhora. Ao exame físico inicial foi identificado uma lesão, na porção medial do pé esquerdo (7 cm de comprimento por 3 cm de largura) e hemangiomas no pé e perna ipsilateral, o que pode ter dificultado a cicatrização inicial. O tratamento consistiu de aplicação de PRP tópico (6 mL), semanalmente, durante 9 meses, até a cicatrização total e sem fazer uso de antibioticoterapia por via oral. Com 1 mês de tratamento, a sensação de dor local, segunda a paciente, passou de 9 (escala de 0 a 10) para 2. Com seis meses de tratamento foi realizado uma cirurgia de aproximação, visando o aceleramento da cicatrização. No mês seguinte, a paciente não relatava sentir dor. Nas últimas quatro semanas de tratamento, a ferida apresentava uma pequena crosta, então foi feita a opção de injetar PRP ao redor da crosta. Métodos tradicionais utilizados na terapia de lesões nem sempre alcançam o resultado desejado, o que se deve, por vezes, à não presença de Fatores de Crescimento (FCs). O PRP auxilia nesse aspecto, visto sua capacidade de liberação de FCs, como Fator de Crescimento Derivado de Plaquetas (PDGF), Fator de Transformação do Crescimento (TGF), Fator de Crescimento Endotelial Vascular (VEGF), Fator de Crescimento Semelhante à Insulina (IGF), e propriedades miogênicas e quimiotáticas. A partir da degranulação de grânulos alfa plaquetários, os FCs liberados pelo PRP auxiliam a cicatrização ao atrair células não diferenciadas para a matriz recém-formada e estimulam sua divisão celular. Além disso, modula a liberação de citocinas, limitando o processo inflamatório, enquanto mantém atividade antimicrobiana contra agentes como Escherichia coli e Staphylococcus aureus, incluindo meticilina resistente.

Considerações Finais/Final considerations/Consideraciones finales

Com o relato deste caso, tem-se a intenção de demonstrar uma alternativa de tratamento para casos de feridas crônicas que não apresentam melhora com os tratamentos tradicionais.

Palavras-chave/Key words/Palabras clave

Plasma rico em plaquetas. Cicatrização de feridas

Área

Mesenchymal stem cells/adultas

Autores

HENRIQUE HOICHI BORIM, Elisabete Mitiko Kobayashi, Aparecida Divino Antunes, Cristiane de Oliveira Riedo, Ana Claudia Lada Lemos, Karina Amélia Morikawa, Lucas Ribeiro de Medeiros, Nicolai Merlotti Gomes, Vinicius Simon Tomazini, Vivian Marques Herrera Jorge