Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título/Title/Titulo

Relato de caso de tratamento de ferida, por complicação pós-operatória, com plasma rico em plaquetas (PRP)

Introdução/Introduction/Introdución

As feridas podem ser classificadas quanto a etiologia, complexidade e tempo de existência. As feridas simples, evoluem para a resolução de forma espontânea, seguindo as fases da cicatrização. Já as complexas, podem necessitar de intervenção para a sua resolução. Feridas crônicas são aquelas que não cicatrizam espontaneamente em 3 meses e que, frequentemente, apresentam como complicação processos infecciosos, podendo ser complexas, sobretudo quando associadas com patologias sistêmicas que prejudicam o processo de cicatrização. Assim, se faz necessário o uso de curativos, que consistem em meio terapêutico utilizados com finalidades diversas em feridas, tanto para limpeza, quanto para absorção, drenagem ou auxílio na sua resolução.

Objetivos - Metodologia - Resultados - Discussão dos Resultados/Objectives - Methodology - Results - Discussion of Results/Objetivos - Metodología - Resultados - Discusión de los resultados

O presente trabalho relata o caso clínico de uma paciente, 73 anos, portadora de ferida cirúrgica pós-fratura em tornozelo direito há 5 anos e tratada com plasma rico em plaquetas (PRP), uma preparação de plasma autólogo com elevação na concentração de trombócitos. Os dados coletados foram obtidos através da anamnese, exame físico e registro fotográfico da ferida. A correção cirúrgica da fratura não foi feita de imediato, devido a edema e bolhas na pele, sendo adiada para tratar a infecção superficial. Foi operada com fixação interna com placa e parafusos e fio de Kirschner. Após 1 semana de alta (40 dias pós fratura), a ferida cirúrgica abriu e expôs os materiais de fixação interna e os tendões dos extensores dos dedos do pé. A infecção aumentou a ferida e a exposição óssea e tendínea, impossibilitando qualquer outra técnica de cobertura cutânea. Foi proposto curativos seriados com infiltração perilesional de PRP (6 mL), para aceleração do processo de cicatrização cutânea, uma vez que já havia infecção óssea e articular. Com 4 meses de tratamento foi realizada cirurgia de aproximação dos bordos, pois, a infecção estava debelada. No mês seguinte foram retirados os parafusos, após constatação de calo ósseo. Foi liberada para caminhar com carga parcial no início, para ganho de movimento da articulação tibiotalar. A dor era nível 6 (escala de 0 a 10) no início da fisioterapia (10 meses pós fratura) e persistiu por 4 anos, quando começou a diminuir e, atualmente, só ocorre após caminhar por mais de 12 quadras. Tem boa mobilidade do tornozelo, consegue caminhar com sapatos de salto, sem instabilidade e com bom posicionamento e apoio do pé. Marcha normal. Métodos tradicionais utilizados na terapia de lesões nem sempre alcançam o resultado desejado, o que se deve, por vezes, à não presença de Fatores de Crescimento (FCs). O PRP auxilia nesse aspecto, visto sua capacidade de liberação de FCs, como Fator de Crescimento Derivado de Plaquetas, Fator de Transformação do Crescimento, Fator de Crescimento Endotelial Vascular, Fator de Crescimento Semelhante à Insulina, e propriedades miogênicas e quimiotáticas. A partir da degranulação de grânulos alfa plaquetários, os FCs liberados pelo PRP auxiliam a cicatrização ao atrair células não diferenciadas para a matriz recém-formada e estimulam sua divisão celular. Além disso, modula a liberação de citocinas, limitando o processo inflamatório, enquanto mantém atividade antimicrobiana contra agentes como Escherichia coli e Staphylococcus aureus, incluindo meticilina resistente.

Considerações Finais/Final considerations/Consideraciones finales

Com o relato deste caso, tem-se a intenção de demonstrar uma alternativa de tratamento para casos de feridas crônicas que não apresentam melhora com os tratamentos tradicionais.

Palavras-chave/Key words/Palabras clave

Plasma rico em plaquetas. Cicatrização de feridas.

Área

Mesenchymal stem cells/adultas

Autores

HENRIQUE HOICHI BORIM, Elisabete Mitiko Kobayashi, Denilson Daleffe, Ana Claudia Lada Lemos, Gabriel Lima Villas-Bôas, Isadora Martins de Souza, Jéssica Silva Gongora, Karina Amélia Morikawa, Rafael Lucena Bastos, Vivian Marques Herrera Jorge